Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Tempo e atenção

por papinto, em 17.04.10

RR online 16-04-2010 20:01

Há dois recursos crescentemente escassos nas nossas vidas: tempo e atenção.

 

Na gestão do tempo, de que já falei neste espaço, há três componentes fundamentais a optimizar: o tempo gasto em deslocações; o tempo gasto em reuniões; e o tempo que gastamos a recuperar de interrupções.

Com os novos sistemas de teleconferência de alta qualidade vai ser possível minimizar o tempo gasto em deslocações no âmbito local e internacional.

Muitas empresas limitam o tempo das reuniões a uma hora. Uma boa sugestão para a gestão das reuniões em instituições portuguesas.

As interrupções implicam sempre mais cinco minutos de tempo de recuperação do fluxo de trabalho. Temos que transformar mensagens síncronas em assíncronas para eliminar interrupções. Sem essa transformação nunca teremos os blocos de tempo necessários para reflectir e imaginar.

Em relação à captação da atenção, estou convicto que vamos ter um novo tópico no nosso ensino: como criar surpresas.

Um livro clássico sobre este tema é “The Book of Surprises” de Rudolf Flesh publicado em 1965.

A procura de sistematização da surpresa estará presente em todas as áreas.

O papel decisivo em muitas delas virá daqueles que mais nos têm surpreendido ao longo da história: os artistas.

 

António Câmara Presidente da YDreams

Autoria e outros dados (tags, etc)