Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Todos sabemos que os cursos de engenharia são muito técnicos e não é por acaso que os engenheiros são fortes candidatos aos MBA, quando precisam de adquirir novas competências para evoluir na carreira. Admitindo esta falta, o departamento de Engenharias Informática e de Redes resolveu, há sete anos, lançar a disciplina Portfólio Pessoal, que equivale a quatro semestres, no 3º ano da licenciatura e no primeiro ano do mestrado.

 

O objectivo é dotar os candidatos a engenheiros de ‘soft skills', de experências que não são ensinadas no curso e lhes fazem falta quando pretendem vingar no mercado de trabalho. Pode ser um inter-rail, um projecto de voluntariado, uma actividade desportiva, cultural ou até artística, ou só mesmo fazer Erasmus. Desde que seja uma actividade extra-curricular é aceite pelo professor de Portfólio Pessoal.

Em termos de avaliação, os quatro semestres equivalem a 1,5 ECTS, isto é, a uma cadeira e acabam por contar para a nota, sublinha o coordenador da disciplina.

Notícia no Diário Económico

Autoria e outros dados (tags, etc)