Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Agroportal, 20100102

A Presidência espanhola do Conselho da União Europeia, que decorre de 01 de Janeiro a 30 de Junho de 2010, considera prioritário continuar os debates sobre o futuro da PAC para além de 2013. Continuam a estar plenamente actuais os objectivos da PAC e o seu valor acrescentado de promoção da segurança e da qualidade agro-alimentar, a sustentabilidade e a inovação, assim como na luta contra as alterações climáticas, a conservação da biodiversidade e a eficiente gestão da água. A adaptação da PAC a uma realidade de mudança e a um sector mais competitivo e eficiente implica um processo contínuo de reformas, para as quais se devem garantir os recursos suficientes a fim de poder atender aos objectivos desta política comum. Além disso, vão ser acompanhadas as negociações no âmbito da OMC, sendo dada especial atenção à parte agrícola. Também se abordará a evolução do mercado lácteo tendo em vista a  eliminação do sistema de quotas.

Consideramos prioritária a melhoria da competitividade da agricultura e da indústria agro-alimentar europeia, bem como o aumento do valor acrescentado dos produtos agro-alimentares comunitários e o fomento do modelo de produção europeu. Para isso, há que assegurar a igualdade de condições entre os produtores europeus e os de terceiros países no cumprimento de requisitos de sanidade animal, sanidade vegetal, saúde pública e bem-estar animal. Também se prestará atenção ao bem-estar animal e à identificação electrónica de bovinos.

O fomento de um meio rural vivo, dinâmico e sustentável é essencial para o nosso presente e para o nosso futuro. Em linha com a promoção da igualdade efectiva entre mulheres e homens em todas as suas manifestações, fomentar-se-á o papel que desempenha a mulher na agricultura e no meio rural.

Pesca

A Presidência espanhola concederá atenção preferencial à Revisão da Política de Pesca Comum, que terminará em 2012. Será impulsionada uma gestão da actividade pesqueira que assegure a sua viabilidade económica, social e ambiental. A Presidência espanhola velará por una exploração dos recursos pesqueiros baseada em critérios de sustentabilidade e no respeito dos objectivos socioeconómicos e eco-sistémicos, e promoverá o reconhecimento destes princípios a nível comunitário e internacional. As actuações nesta matéria deverão completar-se com o fomento do comércio pesqueiro responsável.

Fonte:  www.eu2010.es

Autoria e outros dados (tags, etc)