Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





As últimas previsões do Conselho Internacional de Cereais de produção de cereais na campanha 2009/10 diminuíram relativamente ao mês passado. O motivo é uma menor produção de milho nos EUA e de trigo e cevada na Austrália. O total estima-se agora em 1.759 milhões de toneladas, uma descida de 34 milhões relativamente ao recorde da campanha passada.

Por outro lado, as estimativas de consumo estão em baixa, reduzindo-se num milhão de toneladas para 1.746 milhões. Enquanto se espera um aumento do consumo industrial, haverá pouco crescimento na procura para rações.

O efeito combinado de uma maior produção com um menor consumo dará como resultado que voltem a aumentar as existências mundiais, especialmente nos EUA, responsável por metade do aumento. No total estima-se agora em 373 milhões de toneladas, um aumento de 13 milhões relativamente ao fecho de 2008/09.

As vendas de cereais mantêm-se a bom ritmo, se bem que se vá registar uma descida das exportações, excepto nos EUA. As principais reduções registar-se-ão na UE e na Ucrânia

Autoria e outros dados (tags, etc)