Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




País aumentou produção de azeite para «68 mil toneladas»

  • 2011-01-14 18:57

Nos últimos 20 anos, Portugal mais do que duplicou a produção de azeite, de 26 mil toneladas para 68 mil, ao mesmo tempo que reduziu para metade o total de lagares, revelou esta sexta-feira o ministro da Agricultura.

Em 1990 - ano que constituiu «o ponto mais baixo que se conhece de produção de azeite» - Portugal possuía «quase mil lagares» para produzir «26 mil toneladas» daquele produto alimentar, lembrou o ministro António Serrano citado pela Lusa.

Mas, passados cerca de 20 anos, tendo em conta dados do final de 2009, o país já tinha reduzido para metade o número de lagares, ou seja, «para pouco mais de 500», aumentando a produção de azeite para as «68 mil toneladas».

«A maior parte dos lagares existente hoje no país conta com tecnologia moderna e avançada. «Estamos a recuperar a produção das décadas de 60 e 70», frisou o ministro à margem da inauguração do novo lagar da Cooperativa Agrícola de Beja e Brinches, no Baixo Alentejo.

E a produção de azeite «continuou a crescer» no ano passado, garantiu o António Serrano, afirmando que o objectivo, neste sector, passa por «atingir as 110 ou 120 mil toneladas de azeite» no espaço dos «próximos três anos».

O investimento rondou os cinco milhões de euros, dos quais 1,6 milhões em apoios do Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER) e permitiu a modernização e ampliação do lagar, situado em Brinches, concelho de Serpa.

«Este sector está a caminhar a passos largos para a auto-suficiência, mas está também já a aumentar as exportações. Há muitos produtores portugueses que já estão a colocar os seus azeites no mercado internacional», disse.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags: